Fonte: http://coffito.org.br/index.php?script=Arquivos&acao=visualizarArquivoAction&idArquivo=2506

COFFITO e CONFEF estudam ações para beneficiar as profissões e a população.

Na segunda-feira, 16 de junho, o COFFITO e o Conselho Federal de Educação Física (CONFEF), durante reunião, criaram Grupo de Trabalho (GT) para estudar e avaliar as divergências e convergências entre as profissões de Fisioterapia e Educação Física. As profissões regulamentadas, em sua atuação, encontram barreiras no que concerne à competência e atribuição de cada profissional. Para discutir o assunto, estiveram presentes os representantes do COFFITO, Dr. Roberto Mattar Cepeda, presidente do Conselho, Dr. Cássio Fernando O. da Silva, diretor-secretário, Dr. Wilen Heil e Silva, diretor-tesoureiro; além dos representantes do CONFEF, Dr. Jorge Steinhilber, presidente, e Dr. Odir de Souza Carmo, profissional de Educação Física.

Apesar de, por vezes, utilizarem o mesmo método, o objetivo das duas áreas é distinto. A fim de resolver esse impasse e proteger a sociedade, os Conselhos Federais optaram pela criação de GT que permitirá amplitude em relação ao conhecimento das profissões e as diferenças na atuação de cada uma, fazendo com que, a partir disso, seja possível definir a utilização de métodos e técnicas comuns, a exemplo da ginástica laboral, do pilates, do atendimento em grupo e da hidroterapia.

De acordo com presidente do COFFITO, entre os benefícios dessa ação estão a criação de minutas de resoluções conjuntas, o resguardo à atuação individual de cada profissional e a proteção à sociedade, principal atribuição dos Conselhos. “Esse grupo servirá para que a Fisioterapia e a Educação Física possam se conhecer melhor, saber suas atribuições específicas e suas formas de atendimentos e procedimentos próprios. Por meio desse grupo, poderemos avaliar método a método e, a partir desse estudo, entender e legislar sobre as nossas diferenças. Queremos, com esse trabalho, garantir o exercício pleno e legítimo das nossas prerrogativas profissionais, em benefício da população”, completou o Dr. Roberto Mattar Cepeda.

WhatsApp chat